24 de out de 2016

Poeta urbano

Deram corda pra ele
(quem mandou ?)

agora deu
para sair pela cidade
a fazer poemas
         
malgré

sejam poemas de graça

Senta na praça
olha uma pomba
                -  muito menos vazia do que ele  -
cai em lágrimas

Compra um chiclete

& um revólver

Embora fale francês

Nenhum comentário:

Postar um comentário